INÍCIO E ASCENSÃO DO MOTION GRAPHIC

26/06/2019
Posted in Conhecimento
26/06/2019 Rafaela Caram

O Motion Design, ou Motion Graphic, nada mais é do que gráficos em movimento. São desenhos animados que usam formas geométricas, ícones, textos, ilustrações e podem ser tanto 2D como 3D. O formato de cada animação depende exclusivamente da finalidade para qual ele vai ser utilizado.

Mas como surgiu o Motion Design, qual sua origem e por que ficou tão grande e importante no mercado publicitário e de cinema?

A técnica, ainda que primitiva, foi criada por Georges Méliès, um cineasta que idealizou e aplicou o Stop Motion em grandes produções na época. 

Georges usava e abusava de cortes de câmera criativos e juntamente com outros artistas, aprimoraram a arte do cinema com efeitos especiais, aberturas e créditos. No decorrer, começaram a se esforçar para produzirem movimentos de textos, gráficos, formas e objetos. 

Em pleno século XIX, este era um trabalho demorado e artesanal.

Norman McLaren juntou-se aos times dos criativos do cinema e fez obras de artes com suas técnicas. Uma delas foi a de animação direto na película de filme, rabiscando-as ao som de músicas.

Outro grande nome é o de Saul Bass, este grande designer industrial, também do time dos criativos do cinema, deu vida às animações presentes em Psicose.

Mas como chegamos ao que temos hoje no mercado de animação?

Nos anos 80, houve um crescimento em aberturas e vinhetas na TV. Aquilo já era a animação se fazendo presente.

Mas nada do que temos hoje seria possível senão pela computação gráfica. 

Diferente de animações convencionais, feitas quadro a quadro, o Motion usa diagramas, gráficos, marcados por pontos chave (keyframes) em momentos específicos. 

Nos meados de 2000, softwares começaram a surgir, juntamente com o crescimento dos computadores e então, as animações no estilo Motion começaram a ganhar espaço no formato de banners em sites.

Com o aprimoramento de softwares, técnicas e profissionais, temos hoje essas grandes e lindas animações que estão fortemente presentes no mercado publicitário e criativo.

Os Motion Graphics são mais atrativos e divertidos que outros formatos de produção, geralmente são mais leves e fáceis de entender, reduzem custos, despertam e prendem a atenção do público. 

Pelo fato de projetos inteiros não precisarem passar por gravações, o Motion Graphics ganhou espaço no mercado, que vem mudando e crescendo, visando a redução de custos. Isso porque a produção de uma animação não necessita de mega produções, deslocamento e locações.

E aí? Gostou da inovação que o Motion Design trouxe para nós? Aqui embaixo você confere alguns dos nossos trabalhos animados. Vamos fazer parte dessa ascensão!

FONTES:

http://www.matildefilmes.com.br/a-historia-do-motion-graphics-e-por-que-usar/

https://vidmonsters.com/blog/aprenda-sobre-motion-graphics/

https://designculture.com.br/motion-graphics-um-pouco-sobre-o-design-em-movimento

https://pt.wikipedia.org/wiki/Georges_M%C3%A9li%C3%A8s

CONTATO

Convidamos você para vir tomar um cafezinho conosco
para trocarmos ideias para o sucesso do seu projeto.